sábado, 5 de junho de 2010

-Aiiii! Socorro. Socorroooo!


-Mãe! Que foi?


-Um bicho! Um bicho!











--`





Pronto mãe, são duas aranhas mais pequenas que tu! pisa-as.(...)





Eram enormes! e ao matar uma a outra vinha em direcção a mim e....











(Passados 3 minutos)











-Maria, vai ver o cão que não se cala.


-Já vou.


-Anda!








Lá fui....





-AAAAAAAAAAAH! Socorro! OH PAAAAAAAI!!! OH PAIIIII!


-Que foi agora? Um bicho?


-Uma cobra! Uma cobra! Weeeeu Que nojo! Sai cocas(meu caozinho)!

p.s-O meu pai não matou a cobra!
p.p.s-O meu cão sim.
p.p.p.s-A cobra era enorme.
p.p.p.p.s- Gosto de escrever muitos p´s segidos de pontos com s´s no fim.
p.p.p.p.p.s- Não recriminem o meu Cocas por ter matado a bicha, mas cão que é cão protege o seu territorio de predadores da dona, (como cobras)!
p.p.p.p.p.p.s- Que faço com aquela moça? Vendo-a ao restaurante chinês? Faço-lhe um funeral funebre? A sério que aceito sugestoes.

p.p.p.p.p.p.p.s- Sim, o meu cão é possessivo, e como só obedece ao meu paizinho, tive de esperar quase 30 minutos pra tirar do campo de visao dele a pobre coisa nojenta.

3 comentários:

  1. Que bicho tão giro... não é cobra é o teu Cocas!

    O meu Demon (um Husky Siberiano) também mata tudo o que mexe...

    ResponderEliminar
  2. a cobra esticou a "pele" xD ahahah
    piadola

    ResponderEliminar
  3. xD "Demon" já diz tudo ^.^



    -.-` Piadola. Coitadinha, não merecia tamanho fim de vida.xD

    ResponderEliminar